+ Motores

Jorge Machado conquistou a Taça de Portugal de Rallycross!

388visualizações

O lousadense foi a Castelo Branco escrever uma das páginas mais brilhantes da sua carreira desportiva. Autor de uma exibição de gala, Jorge Machado levou de vencida uma concorrência musculada e conquistou a Taça de Portugal 2021.

Avassaladora. Assim foi a “performance” rubricada por Jorge Machado neste “assalto” final de época. O lousadense rumou a terras albicastrenses assumindo que ia pleno de vontade em estar na discussão da Taça de Portugal na sempre super disputada Divisão S1600.

E o mínimo que se pode dizer é que Jorge Machado simplesmente arrasou. Segundo nos treinos cronometrados, levou o Citroen C2 S1600 ao triunfo na Qualificação, assegurando a pole-position para a corrida de todas as decisões, mercê de uma vitória e dois segundos lugares nas três mangas realizadas.

Chegado ao momento final, Jorge Machado este igual a si próprio. Arrancou bem, mas, como refere, após a primeira curva “estávamos no segundo lugar. Mas não baixamos os braços e andamos sempre muito fortes a atacar o líder. Depois, decidimos bem a ida à Joker Lap e aí, foi a fundo, tendo regressado ao traçado normal lá líder. Depois, foi dar tudo até à bandeirada final!”, levando o lousadense a subir ao pódio no degrau mais alto e conquistar a Taça de Portugal de Ralicross 2021, troféu máximo no panorama da modalidade e que enriquece de forma vincada o rol de troféus do piloto.

Para Jorge Machado, este foi “um fim de semana de glória e o culminar de uma época fantástica. Estivemos sempre muito competitivos ao longo de todo o ano. Fomos vice-campeões nacionais e agora a conquista da Taça de Portugal”. Para o consagrado piloto de Lousada, este é “um dos momentos mais importantes e felizes da minha carreira desportiva. Quero agradecer à minha equipa que foi brutal durante toda a época. Em todos os momentos difíceis estiveram lá e nunca baixaram os braços. Uma palavra muito especial para a minha família, que é o meu suporte maior e para todos os meus patrocinadores. Sem eles nada disto era possível”.

(Visited 30 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta