Montanha

Joaquim Teixeira com desafio diferente mas objetivo igual: vencer!

1.03Kvisualizações

Novo ano, nova “arma” para a Montanha. Joaquim Teixeira vai estrear em Murça um Cupra TCR. A vitória na divisão Turismos 4 e o pódio absoluto da categoria Turismos são os “alvos a abater”. O transmontano também estará presente em provas de velocidade.

Estamos à porta de mais uma época do campeonato de Portugal de Montanha JC Group. E 2020 será um ano muito especial para Joaquim Teixeira.

O piloto transmontano do Bompiso Racing Team comemora 25 anos de carreira e quer viver “uma época intensa e que se revele merecedora desta minha efeméride, que tanto me orgulha. Vou lutar para vencer entre os Turismos 4 e, mais uma vez, para me manter no pódio absoluto de Turismos. Sei que não será fácil, mas, como nunca desisto, não será agora, ao fim de 25 anos, que o irei fazer”.

O calendário da sua época te no Campeonato de Portugal de Montanha JC Group o seu ponto principal. E é a partir do CPM JC GROUP que quer construir a presença no FIA Hill Clim Masters, repetindo a sua participação de 2018, em Itália.

Foi apenas há poucos dias que se deu “a decisão de continuar. Acabei por vender o Seat Leon Eurocup e, após ter ponderado bastante, optei por adquirir um Cupra TCR. Julgo que vou conseguir melhorar os tempos nas rampas e, mesmo sabendo continuarei limitado face a viaturas com tração integral e muitos mais cavalos, podem contar comigo para a luta na geral de Turismos!”. A opção pelo Cupra TCR “foi uma decisão onde pesou muito poder também correr em circuitos. Tinha outras alternativas, mas condicionadas a só competir na Montanha. Este ano quero fazer mais”.

Joaquim Teixeira deixa uma palavra de “muito apreço e agradecimento para os meus patrocinadores que, uma vez mais, me permitiram montar este projeto. Tudo farei para lhes dar o retorno que bem merecem!”.

No próximo fim-de-semana, o “cardápio” a servir na Rampa Porca de Murça será distribuído pela tarde de sábado e pelo dia de domingo. A primeira jornada terá uma subida inaugural de “warm-up”, duas oficiais de treinos e a primeira de prova. O domingo arrancará com nova sessão de “warm-up”, seguindo-se a última de treinos oficiais e as, já habituais, duas subidas finais de prova.

(Visited 257 times, 1 visits today)

1 comentário

  1. Sempre tive uma dúvida sobre o carro do Joaquim Teixeira,
    O carro encontra-se à venda à bastante tempo como sendo um Seat Leon V3 TCR com todos os updates de 2018 –
    que estão homologados em TCR dado que nesta altura o troféu Seat Leon Eurocup já não existia (https://racecarsdirect.com/Advert/Details/106447/seat-leon-tcr-2018-v3-tcr). Estava inscrito, no Open de Velocidade, na categoria TCR DSG (e não na T1 para veículos com especificação de troféu em que estava inscrito o Leon da JC Group). Mas na montanha corria na Divisão 3 dos turismos (veículos de troféu) e não na Divisão 4 (veículos TCR). Visto que o carro está claramente na especificação TCR (basta ver os pára-choques da frente e traseira, posição e número de escapes, endplates da asa traseira), como é que era permitido correr na Divisão 3 na Montanha contra o Leon Cup Racer (tanto quanto sei este é o nome real do carro, e não Leon Eurocup como aparece nas fichas de inscrição das provas, este último é o nome do campeonato) da JC Group? O Leon da JC Group, que pelo se vê no exterior, é um verdadeiro carro em especificação de troféu.

Deixe uma resposta