Automóveis

Lexus RX: luxo na simplicidade do design

186visualizações

Lexus aperfeiçoa a abordagem ao design de interiores com o interior fluido e organizado da Nova Geração RX, o novo SUV eletrificado de segmento E. 

Um espaço cheio de detalhes extravagantes não é necessariamente a melhor forma de criar um ambiente de luxo. Como testemunha o interior do novo Lexus RX, a abordagem “menos é mais” e a simplicidade do design, podem ser muito mais eficazes.

Esta abordagem nova e contemporânea é evidente a partir do momento em que abre a porta da nova geração RX: as superfícies unem-se de forma fluida e organizadas, contribuindo para uma sensação de espaço, requinte e elevada qualidade.

O ambiente do habitáculo é o resultado de uma evolução do design de interiores da Lexus, como explica o Designer-Chefe do Projeto, Jota Kusakari: “Desafiámo-nos a criar um espaço simples e bem pensado, que não dependesse de ornamentação”.

Esta abordagem não reduz, de forma alguma, o encanto do famoso luxo artesanal Takumi da Lexus: “Concentrámo-nos em conferir aos acabamentos, aos bancos e aos apoios de braço uma sensação tátil digna de um interior de alta qualidade, com atenção à abertura e ao fecho das portas, e à qualidade do som, para atingir um nível de qualidade que inspira os sentidos”, acrescenta Kusakari.

A simplicidade do novo design está patente na forma como o painel de instrumentos se prolonga de forma limpa e contínua, incluindo os mostradores, o painel de instrumentos e os revestimentos das portas. Equipar o carro com o novo sistema abertura e fecho de portas e-latch permitiu mover as patilhas de abertura interiores para baixo, e esculpir a parte superior dos painéis das portas, numa extensão natural do painel de instrumentos.

A simplicidade complementa, na perfeição, o conceito Tazuna, desenvolvido pela Lexus para o cockpit do condutor – gere o posicionamento e a facilidade de utilização dos comandos e fontes de informação de forma racional, para que o foco seja a condução.

“Ao integrar o conceito Tazuna, o design do cockpit organiza o espaço de forma que o condutor sinta uma conexão mais profunda e intuitiva com o automóvel, controlando-o conforme a sua vontade”, explica Kusakari. Isto está presente em pormenores como a disposição coordenada das fontes de informação – display da consola central, contadores e head-up display – para que seu conteúdo possa ser consultado com um mero ajuste da linha de visão do condutor.

A qualidade sensorial reforça o impacto do design em todos os elementos que os ocupantes do carro podem ver, tocar e ouvir. Inclui tudo, desde o novo sistema multimédia aprimorada que combina um intuitivo ecrã sensível ao toque e botões físicos de controlo, até à estética agradável e ao apelo tátil dos novos acabamentos e revestimento dos bancos, passando pela iluminação ambiente que inclui um completo espectro de opções de cores, e o tranquilizante som de abertura e fecho das portas.

O relaxante e tranquilizador design do habitáculo também se reflete na forma como pode comunicar diretamente com o automóvel. O novo assistente de bordo “Hey Lexus” está pronto para responder a solicitações e comandos de voz em tom de conversação. Se disser que está com fome, recomendar-lhe-á lugares próximos para comer; se mencionar que tem frio, ajustará o ar condicionado.

Verdadeiramente prático, como um SUV
O design interior é perfeitamente adequado para um SUV – proporciona o lado prático, a conveniência e a flexibilidade necessários. Graças ao envolvimento e ao design inteligentes, há mais espaço para as pernas dos passageiros no banco traseiro e uma melhor visão lateral e dianteira, reforçada pela linha inferior da cintura do automóvel e pela amplitude do campo de visão frontal. O acesso foi facilitado pelo rebaixamento do ponto de quadril e pela adaptação do acesso ao ajuste facilitado de potência. Para viagens em família, a capacidade da bagageira corresponde à do atual RX, embora o novo modelo apresente uma projeção traseira mais curta; o volume foi alcançado através de soluções de design que incluíram uma porta traseira mais fina, um design de suspensão traseira mais vertical e uma altura de carga mais baixa.

Deixe uma resposta