Automóveis

PEUGEOT 2008 foi o automóvel mais vendido em Portugal no primeiro trimestre de 2021

130visualizações

A PEUGEOT colocou os novos 2008 e 208 nos dois lugares cimeiros das vendas de automóveis em Portugal ao cabo dos primeiros três meses de 2021. Com um total de 1.545 unidades vendidas, o PEUGEOT 2008 foi o líder absoluto de vendas em Portugal. O novo 208 foi o segundo modelo mais vendido no país, ao totalizar 1.451 unidades.

O sucesso incontornável do PEUGEOT 2008 tornou-o no favorito dos clientes portugueses nestes primeiros três meses do ano, com 1.545 unidades vendidas, 538 das quais no mês de março. Os dados agora disponíveis relativamente a estes primeiros meses de 2021 revelam ainda que o PEUGEOT 2008 alcançou uma quota de mercado no segmento B de 12,0% e de 28,8% entre os B-SUV.

Dando corpo à estratégia de “Power of Choice” da marca nesta fase de transição energética, o e-2008 (versão 100% elétrica) foi também o EV mais comercializado no primeiro trimestre entre os modelos do segmento B, ao totalizar 149 vendas, o que lhe confere 30,8% de quota nesta faixa de mercado.

Nesta trajetória de sucesso segue igualmente o PEUGEOT 208, que foi o segundo modelo mais vendido no trimestre, com 1.451 unidades. Líder entre as berlinas do segmento B com uma quota de 19,7%, o novo 208 teve também na sua variante elétrica e-208 o líder das berlinas 100% elétricas neste segmento, com 99 unidades comercializadas e 37,2% de penetração.

Destaque ainda para o 3008 que, no primeiro trimestre, vendeu 614 unidades, colocando-se no 10º. lugar no ranking dos mais vendidos em Portugal. Juntamente com o 2008 e o 5008, o 3008 – líder dos SUV do segmento C – contribuiu, de forma vincada, para a liderança nacional da PEUGEOT em termos de mercado SUV, onde a marca totalizou 2.363 unidades vendidas, com uma quota de mercado de 19,5%.

Referência final para o PEUGEOT Partner, modelo produzido no Centro de Produção Stellantis de Mangualde e que mantém a liderança entre os comerciais ligeiros, ao totalizar 1.011 unidades no trimestre, o que representa uma quota de 14,3% entre todos os furgões vendidos no nosso país.     

(Visited 6 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta