Ralis

Lucas Simões vence na Aboboreira e sagra-se Campeão Norte!

1.9kvisualizações

O jovem piloto alcançou a quarta vitória da temporada em cinco possíveis e transformou o domínio exercido na conquista do título do Campeonato Norte de Ralis.

Com a ausência de Fernando Peres e Gaspar Pinto, respetivamente segundo e terceiro nas contas do campeonato a norte, o favoritismo de Lucas Simões no Rali Terras D’Aboboreira subiu em flecha. Em defesa da verdade, registe-se que esse favoritismo nasce do mérito e dos resultados. O piloto, que tem alternado um Mitsubishi EVO IX e outro EVO VI, consoante sejam pisos de asfalto ou de terra e que conta com os doutos serviços de Simplício Gonçalves a navegar, tem dominado quase por completo as provas a norte, tendo sido derrotado por Peres apenas uma vez, nos três confrontos em que estiveram envolvidos.

No rali do Clube Automóvel de Amarante, a dupla esteve imparável, vencendo de enfiada os primeiros três troços dos quatro que havia para enfrentar, colocando-se me posição de abordar a especial final com o pé menos pesado no acelerador, carimbando assim um triunfo que se transformou no título tão ambicionado. Para o piloto, esta foi uma prova “simplesmente fantástica. Iniciamos com algumas cautelas pois já não competíamos em pisos de terra há quase nove meses e quisemos tomar pulso ao carro e ao ritmo. Mesmo assim, andamos sempre rápido e, felizmente, cedo nos vimos longe dos adversários e conquistamos uma vitória que considero justa”. Para o jovem piloto, o título é “motivo de uma felicidade imensa. Era o objetivo a que nos propusemos no início da época e conseguimos alcançá-lo de uma maneira que não deixa dúvidas. Quero agradecer aos meus patrocinadores, à minha equipa e à minha família pois, sem o seu apoio, não teria sido possível!”.

A luta pelos restantes lugares do pódio ficou reservado aos dois principais protagonistas do Desafio Kumho Portugal.

De Penafiel, veio José Gomes que estreou um Mitsubishi Lancer EVO VII e que, tendo como copiloto André Gaspar, foi sempre quem mais perto rodou de Lucas Simões, amealhando 3 segundos lugares em outras tantas classificativas e chegando mesmo ao triunfo na quarta e última tirada contra o cronometro, terminando a 56,7 segundos dos vencedores. Assinou uma exibição notável. Logo atrás de si, a dupla formada por Tiago Almeida e Bruno Azevedo apresentou ao universo motorizado português um raro Mitsubishi Mirage que revelou um excelente nível competitivo e que os levou a um excelente 3º lugar final, 37,3 segundos atrás de Gomes.

Augusto Costa volta a dominar nas duas rodas motrizes

No 4º posto da geral terminaram os “intratáveis” Augusto Costa e Susana Silva que, no ano que estamos a viver, têm sido simplesmente intransponíveis na luta pela predominância nas duas rodas motrizes. Exemplares, como sempre, na forma como conseguem casar rapidez e segurança aos comandos do Peugeot 208 VTI R2, assinaram uma prova de grande nível e voltaram a dominar a sua categoria.

O Top 5 final ficou completo com a presença no 5º lugar de António Oliveira e Marco Vilas Boas. Como sempre, extraíram tudo do “velho” Peugeot 205 GTi e voltaram a alcançar um resultado de grande relevo.

Terminaram o Rali Terras D’Aboboreira 2020 11 equipas do Campeonato Norte de Ralis que tem ainda prevista mais uma prova, a saber, o Rali de Paredes, no quarto fim-de-semana de novembro.

Deixe uma resposta