Montanha

José Correia soma pontuação máxima na Rampa Internacional de Boticas

314visualizações

O atual Campeão de Portugal de Montanha, José Correia, apresentou-se na Rampa Internacional de Boticas com o objetivo de chegar ao segundo triunfo do ano, após a vitória na Rampa Pêquêpê Arrábida.

Numa prova com forte concorrência internacional, que integrou o Campeonato da Europa de Montanha, e num fim de semana condicionado por problemas mecânicos no Osella PA2000 Evo, o piloto conseguiu concluir o evento no terceiro lugar da geral, segundo entre os Protótipos, e realizar uma boa operação em termos de campeonato, ao somar a pontuação máxima da prova.

As corridas são imprevisíveis e nem sempre tudo nos corre de feição, é mesmo assim. Este foi um fim de semana difícil, em que nos deparámos com problemas de potência no motor do Osella PA2000 Evo2 ao longo de toda a prova. O motor falhou várias vezes e a bateria também se descarregava, impedindo-nos de realizar subidas ‘limpas’”, explicou José Correia.

Uma rampa disputada em condições longe das ideais onde, apesar das dificuldades, o resultado final acabou por se traduzir numa participação com um saldo muito positivo: “Felizmente conseguimos fazer duas subidas que nos permitiram terminar a prova na frente, entre os concorrentes nacionais, e somar para o campeonato os pontos equivalentes ao primeiro lugar. Nesse sentido, foi muito bom, pois saímos de Boticas com a liderança da competição reforçada”, afirmou o responsável máximo da JC Group Racing Team, acrescentado: “No entanto, temos trabalho a fazer, porque o resultado acaba por ser melhor que o desempenho que sei que poderíamos ter tido em condições normais.” 

O atual campeão nacional da modalidade volta à ação no final deste mês, dias 29 e 30 de maio, com a Rampa Serra da Estrela, terceira ronda do Campeonato Portugal de Montanha JC Group, um evento onde a vitória é novamente o objetivo.

Deixe uma resposta