Montanha

António Rodrigues: repetir 2020 com ambição de ir mais longe!

619visualizações

Depois de ter sido um dos grandes destaques em 2020, sua época de estreia a “tempo inteiro” na Montanha, António Rodrigues está pronto e motivado para repetir a “dose”, lutando pelo pódio absoluto em 2021.

Quase seis meses após se ter sagrado vice-campeão nacional Absoluto e de Protótipos no traçado da Arrábida, António Rodrigues volta ao “local do crime” para dar início à temporada 2021. O craque de Santa Marta de Penaguião volta a representar as cores da NJ Racing, sentindo-se “muito motivado e ansioso por ver o semáforo verde na primeira subida da época. Continuamos integrados na NJ Racing que, mais do que uma equipa, é uma verdadeira família e voltamos a contar com a assistência técnica da FR Power pois, como se costuma dizer em equipa que ganha não se mexe!”.

O BRC CM 05 EVO volta a ser a “arma” de serviço do piloto que destaca “a excelente relação que temos com o preparador. A FR Power é metódica na forma como prepara o carro e as corridas, dando-me e à NJ Racing total garantia de que o carro estará em ótimas condições”.

Quanto ao desafio que o espera, António Rodrigues sabe que já não vai conseguir surpreender a concorrência que, depois das fantásticas exibições de 2020, têm o médico dentista na mira e sabem que é um contendor de grande nível e que vai estar na discussão da primazia, prova à prova e no campeonato. E o piloto assume que “quero dar continuidade aos resultados de 2020. Sei claramente que será difícil. A concorrência será maior e estará mais forte, mas eu também me sinto mais experiente e mais capaz de extrair do BRC todo o seu potencial, algo que considero não o ter feito em 2020. Também e por outro lado, será um fator positivo o facto de eu já conhecer todas as rampas. Numa competição ao milésimo, o conhecimento dos traçados é fundamental e vou encarar cada rampa com ainda mais confiança!”.

No caso particular da Arrábida, primeiro desafio da época, António Rodrigues sente-se “muito confiante. Em 2020 lutei pelo triunfo absoluto, quer me seco, quer com piso molhado. As previsões apontam apara a possibilidade de um fim-de-semana com condições meteorológicas inconstantes e isso será um fator a ter em conta e que pode baralhar as contas da classificação. Vamos tentar afinar bem e rápido o BRC e estar ao ataque desde a primeira subida de prova”.

Os motores começarão a “rugir” às 14.00 horas de sábado com a sessão inaugural de “warm-up”, que será sucedida das habituais duas sessões de treinos cronometrados, fechando o primeiro dia de competição com a 1ª subida oficial de prova. No domingo, o programa é reatado às 10.30 horas, com nova sessão de “warm-up”. A terceira e última subida de treinos cronometrados do fim-de-semana antecederá as duas subidas finais “a doer”.

(Visited 191 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta