Montanha

Impacto mediático da Montanha superior a 2 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020

2.3kvisualizações

O relatório elaborado pela Cision e referente aos primeiros três meses de 2020 confirma que o Campeonato de Portugal de Montanha JC Group continuou a ver crescer o impacto mediático, na sendo dos resultados obtidos nos anos anteriores.

Embora o CPM JC Group só tenha realizado a Rampa Porca de Murça antes da interrupção oficial de todas as atividades desportivas, em consequência da pandemia provocada pelo COVID-19, os dados recebidos no “Impact Report” elaborado pela Cision são sintomáticos da crescente popularidade do campeonato junto do público.

Para este impacto contribuíram ainda a estratégia de comunicação permanente que, nos dois primeiros meses do ano, destacou a apresentação dos pilotos e seus projetos desportivos, bem como a Gala da Montanha que se realizou em Santa Marta de Penaguião, a 11 de janeiro.

O espaço editorial ocupado pelas 741 notícias registadas pela Cision correspondem a um custo publicitário (AAV – Automatic Advertising Value) avaliado em 2.028.083€. No total, as notícias veiculadas neste período, 64 foram veiculadas na imprensa que corresponderam a um AAV de 87.997 €, 234 na televisão correspondendo a um AAV de 1.471.621€, 10 na rádio, correspondendo a um AAV de 10.372€ e 433 notícias na Internet, correspondendo a um AAV de 458.090€.

Para estes resultados muito contribuíram as noticias emitidas nos diferentes canais televisivos, com especial destaque para o facto de ter sido bastante alargado o espectro de presença do CPM JC Group, conseguindo ter espaço noticioso nos canais televisivos da RTP, da SIC Notícias, Sport TV, CM TV, Bola TV, Porto Canal e Eleven Sports, abrangendo ainda um enorme espectro radiofónico, que incluiu a Antena 1, Rádio Renascença, TSF, M80 e Golo FM.

Na internet, a presença mediática distribui-se por diferentes plataformas noticiosas, das generalistas às especializadas, destacando-se os sites VelocidadeOnline, Autosport, VMotores, Sportmotores, Motor 24, PT Jornal, AutoLook, O Jogo, Record, A Bola e JN.

Uma referência ao fato do estudo ainda não incluir o impacto obtido pela presença nas redes sociais que, sem sombra de dúvidas, incrementaria de forma vincada os números obtidos. A página oficial do CPM JC Group no Facebook apresenta um crescimento global de 38% no impacto, destacando-se o aumento de seguidores e o número de pessoas alcançadas, visualizações e partilhas dos conteúdos.

A isto acresce a boa presença na mesma rede social dos clubes organizadores e da APPAM e a divulgação feita pela página oficial da FPAK e em grupos especializados em Motorsport.

Para Joaquim Teixeira, presidente da APPAM – Associação dos Pilotos Portugueses de Automóveis de Montanha, esta é “a melhor maneira de provar que o CPM J.C. Group 2020, estava lançado para ser um dos melhores senão o melhor dos últimos anos. Mesmo só com uma prova, conseguiu-se um resultado extraordinário muito superior aos dos anos anteriores no mesmo período”, lembrando ainda que “em 2019 e já numa rota de crescimento que vinha de anos anteriores, o impacto anual foi de 5,1 milhões de euros, com este resultado do 1º trimestre de 2020 a dizer, claramente, que poderíamos ter chegado em 2020 a números superiores a 8 milhões!”.

O responsável da APPAM considera que “este resultado é também a prova inequívoca que com o esforço de todos, clubes, pilotos, autarquias, comunicação Social, patrocinadores, FPAK e Parceiros do CPM, conseguimos muitos pilotos, muito publico, muita competitividade, tendo como consequência um grande retorno”. Joaquim Teixeira tem esperança de que “depois da pandemia, se possa dar continuidade a este bom trabalho embora conscientes das dificuldades que se avizinham para todos”.

Deixe uma resposta